terça-feira, 17 de novembro de 2009

Mar Adentro

- Ninguém pode se apaixonar por um tetraplégico? É algo tão estranho?
- Bem, é melhor esclarecermos algumas coisas. Ainda mais se falamos de algo tão complexo como é o amor.
- Complexo?
- Sim, complexo. Por mais que você me diga agora que me ama, eu não posso ter certeza se é amor de verdade ou fantasia sobre o homem com quem sonhou, mas nunca encontrou. Ou não durou.
- Do que está falando? Não me confunda. Ou se ama ou não se ama. Não é possível racionalizar o amor.


3 comentários:

Freier Geist disse...

é, não é possível racionalizar o amor...

já estou com saudades da minha companheira de cabine. rsrss

resp. não sei, mas ando meio taciturna sim, e confesso que adoro essa palavra...

Beijokas!!
^^

tatibithaty disse...

Ou se ama ou não se ama! E a gente sempre ama, né? ;-)
Beijos, querida linda!

Sentir disse...

Então vc está apaixonada??