terça-feira, 3 de novembro de 2009

faz parte do meu show

- eu contei.
- e ele?
- não sei.
- como assim?
- não vi ele depois. ele não ligou.
- mas o que ele fez na hora exata em que você contou?
- eu não sei.
- você fechou o olho?
- eu escrevi numa carta.
- ah, não me diz que foi em folha de caderno.
- foi.
- com caneta bic?
- aquelas de 4 cores.
- isso é tão a sua cara.
- é.
- mas como você fez? entregou, disse "tó" e saiu correndo?
- não. ele tava dormindo. deixei do lado da cama, dei um beijo nele e saí.
- isso é tão filme da sessão da tarde.
- é.
- e o que você escreveu?
- pouca coisa. tinha uma letra de música.
- isso é tão anos 80.
- é.
- não precisa dizer que música era, mas, de quem era?
- cazuza.
- meu deus! você é tão anos 80.
- é...

3 comentários:

Freier Geist disse...

Cartas... todo mundo rpecisa algua vez na vida screver uma carta,senão não viveu...
bjs bjs linda!!
^^

Gisele disse...

Ah, eu conheço essa estória...só faltou dar um beijo na carta com batom "boca louca", aí seria mais anos 80 ainda, hahahaha!!

Energizaizer's disse...

notável!