sexta-feira, 23 de julho de 2010

O Básico em 15/05/2008

Desânimo. Sem a menor vontade de nada. Fazer nada pode ser assustador, mas é também tentador. Vontade de parar. Pára tudo que eu quero descer. Não quero mais brincar. Medo de saber que uma hora vai parar de verdade, talvez. Morrer de véspera. Errado. I know, but I can´t control.

3 comentários:

Rufus disse...

The show must go on, baby!

Ainda nem chegou ao segundo ato.

O Hipócrita disse...

Talvez seja tempo de parar um pouquinho e dar uma olhada ao redor, talvez uma perspectiva estática te de melhor visão e maior vontade de algo e talvez não tenha que parar nunca.

Michele Andrea Mondek disse...

Infelizmente sinto que essa sensaçãoé uma tendencia nessa era que vivemos.
Há momentos que em acordo e me pergunto quando vou ter que deixar de acordar cedo e toda aquela rotina diária e cansativa.
Mas para tudo precisamos de um objetivo e alcançá-lo é a meta! (né!)

Beijos