quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Follow the yellow brick road



Minha paixão por O Mágico de Oz chega a ser óbvia. Até quem nunca me viu, ao se deparar com meu pé esquerdo descobre isso; lá está a instrução para a vida – já que ela não vem com um manual: Follow the yellow brick road! É essa estrada de tijolos amarelos que te leva à Cidade de Esmeraldas e ao tal mágico, é ela que te leva à solução para seus problemas e é ela que te faz enxergar que o poder para resolver toda e qualquer situação sempre esteve dentro de você mesmo.

A vida, na verdade, é essa estrada. É um caminhar e crescer e se desafiar e encontrar amigos que te acompanharão pelos tijolos amarelos. É julgar-se muitas vezes sem cérebro e descobrir que se é um gênio; é julgar-se muitas vezes sem coração e descobrir que se ama muito; é julgar-se muitas vezes sem coragem e descobrir que é muito mais corajoso que um leão. E é, também, não ter cérebro, não ter coração e não ter coragem... algumas vezes...

Minha dúvida eterna em relação ao filme (e livro, e obra, e história, e tudo mais) é: qual dos companheiros de jornada de Dorothy é o meu preferido? O leão – mesmo sendo divertido e fofo – foi excluído da disputa há muito tempo. Restam dois.

Eu tenho uma tendência a me encantar pelo Espantalho. Acho o diálogo abaixo o ponto alto do filme.

Scarecrow: I haven't got a brain... only straw.
Dorothy: How can you talk if you haven't got a brain?
Scarecrow: I don't know... But some people without brains do an awful lot of talking... don't they?

E choro toda vez que a menina Dorothy diz pra ele, na despedida, “I think I'm going to miss you most of all.”.

Mas, quando eu acho que o resultado está definido e que o rapazinho de palha venceu a disputa, eu lembro do Tin... Do teoricamente insensível Homem de Lata, respondendo ao mágico...

Wizard of Oz: As for you, my galvanized friend, you want a heart. You don't know how lucky you are not to have one. Hearts will never be practical until they can be made unbreakable.
Tin Woodsman: But I still want one.

É... Empate técnico. Ainda.

4 comentários:

Blower's Daughter disse...

Oi,querida!
Mto obrigada pelo comentário no blog,ameeei!!!Eu não vou mais me incomodar com aquela sujeitinha,agora que desabafei no blog,me sinto melhor!:)
Ah,o seu blog está ótimo como sempre!Adorei esse texto falando sobre o Mágico de Oz!Aliás,preciso assistir de novo,pq faz tantooo tempoooo,hahaha!
Bjokas,amiga!
Tb te adoro!!!

Freier Geist disse...

Oi!!
Disputa difícil essa.
Mas, pra mim, talvez seja o leão o meu favorito. Apesar que faz muito tempo que eu não vejo o filme, leio, ou relembro em detalhes a história...
Linda sexta pra vc.
beijinhos!!
^^

Janete Andrade disse...

aai faz tanto tempo q assisti esse fime... :/
é tãão bom! meu preferio é o homem de lata... :D

;**

Freier Geist disse...

linda!
deixa eu te avisar!
Sábado vou comemorar meu aniversário no PPP (papo pinga e petisco) lá na praça Roosevelt. Vou depois que acabar a aula do amcu, então devo chegar lá umas 21h!!
Conto com a sua presença!!
Beijinhos!!
^^