sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Diário da Emília - 26/12


Meu nome é Emília e eu tenho 10 anos. Ganhei esse diário do meu pai, de Natal. Ele me disse que era um presente útil e não uma bobagem qualquer; eu acho que meus irmãos preferiam uma bobagem qualquer, pois eles fizeram cara de que não gostaram nem um pouco do presente. Ah, eles também ganharam diários, mas o da Tete é rosa e o do Aldo é azul. A Tete chorou de noite e disse que tinha vergonha de contar pros amigos da escola que só ela não ganhava brinquedos do Papai Noel, porque todas as outras meninas ganhavam bonecas. Eu disse que Papai Noel não existe, que é o papai que compra os presentes pra gente. A Tete é boba de acreditar em Papai Noel. Na igreja, o padre disse que Deus está presente quando a gente não vê. Papai Noel não pode ir na casa de todas as crianças sem ninguém ver, porque aí ele seria que nem Deus, o que não pode ser DE FORMA ALGUMA! O Aldo queria ganhar um carrinho. Que coisa idiota! Os meninos são muito idiotas, eles gostam de coisas chatas e eles desrespeitam os mais velhos sempre. Ontem, no jantar, na hora das orações, quando papai perguntou qual era o significado do Natal, ele disse baixinho "ganhar presente". Aí eu disse: "O Aldo disse que é ganhar presente, mas eu acho que é o nascimento de Jesus". E o papai ficou feliz por eu ser uma filha boa. E o Aldo não ganhou pudim, pra aprender. Agora meus irmãos estão preocupados com o que os colegas vão dizer, já que eles nunca têm brinquedos novos. Eu nem ligo. Brinquedos são bobagens, não servem pra nada. E o pai disse que, nesse diário, eu vou poder escrever sobre tudo o que eu aprendo e que me torna uma pessoa melhor. Eu aprendo coisas na escola, mas eu agora tô de férias. Eu aprendo com o padre João e quando eu leio a Bíblia (mas eu tenho que perguntar pra mãe as palavras que não entendo e é bom que eu aprendo novas palavras). Mas eu aprendo mais com o pai e a mãe e eles me tornam uma pessoa melhor. E, nesse Natal, eu só pedi pra Deus proteger minha família.

Emília

5 comentários:

Milene Mondek disse...

Adorei!
Parabéns pelo texto, vc é uma escrito nata!

Beijos

Energizaizer's Corporation disse...

foi assim que criou a personagem?

"quando eu leio a Bíblia (mas eu tenho que perguntar pra mãe as palavras que não entendo e é bom que eu aprendo novas palavras)"
- Notável! (Revista Veja)

Le-Xandix disse...

Que fofo

Freier Geist disse...

Ai, deu uma saudade dessa Emilia!!
Adoro essa simplicidade doce que só os mais jovens possuem...
beijokas, lindona!!

Lauri disse...

quando tem mais peça? qdo qdo qdo? vejo tallecuba no feriado?