segunda-feira, 30 de junho de 2008

Some things you have to do yourself

Assim como existem músicas que parecem ter sido feitas pra você e que te espantam e te fazem pensar “Oh, my! Como ele(a) sabia que era exatamente assim que eu me sentia?”, também existem personagens que parecem ter sido feitos baseados em você. Personagens que deveriam vir com um aviso de “Baseado em pessoas reais”.

Existem diversas personagens de filmes que me parecem baseadas em mim. Começando, claro, por Scarlet e seu “As God is my witness, as God is my witness they're not going to lick me. I'm going to live through this and when it's all over, I'll never be hungry again. No, nor any of my folk. If I have to lie, steal, cheat or kill. As God is my witness, I'll never be hungry again.” e tudo mais. E passando, é claro, por Clementine… Principalmente no seu surto de “I don't know! I DON'T KNOW! I'm lost! I'm scared! I feel like I'm disappearing! MY SKIN COMING OFF! I'M GETTING OLD! Nothing makes any sense to me! NOTHING MAKES ANY SENSE!”.


Ontem, fui surpreendida. Disseram que eu parecia a Grace. Gracie Hart? Ok, poderia ser. Adoro toda a coisa de “That would be... harsher punishment for parole violators, Stan.………………. And world peace!”. Mas não era. Era
Grace Margaret Mulligan. E eu não consigo parar de pensar nisso...

2 comentários:

A Próxima disse...

Well, personagens são apenas personagens... carregados de várias almas reais que desembocaram em um mar de possibilidades fictícias. Natural que nos identifiquemos com trechos deles, com fragmentos. Mas isso NÃO significa que teremos o mesmo final - triste ou feliz.

Somos personagens da da nossa história. Somos nossos protagonistas, nossos diretores.

Beijinhos

Obs: já te linkei... risos

Rogerio disse...

Pois vc é a personificação de Grace, pq vc é boa, pq vc prefere acreditar no que as pessoas tem de bom, e de certa forma as pessoas aproveitam isso em vc, algumas pro bem outras nao. Pq Grace acreditava que as pessoas a usavam pra o bem, pq Grace queria ser útil, e não via algumas (no caso dela TODAS elas) não prestavam. Mas que qdo ela percebeu aquilo e viu o q aquelas pessoas tinham de real eu deu um jeito na situação, e qdo vc consegue visualizar o quadro e percebe quem tá te fazendo mal, vc tb dá seu jeito.