sábado, 3 de agosto de 2013

Índios



Nas entranhas do Brasil
Vive esta raça
E, desde os tempos mais remotos,
São exterminados em massa.

O que será deste país
Que nega sua própria origem?
Discrimina e mata
Esses povos da mata-virgem?

Eles viviam em harmonia
Com toda a natureza
Mas o homem branco aparece
E estraga toda essa beleza.

Saíram de longe, muito longe
E este continente vieram povoar.
Hoje em dia são ignorados
E perderam as forças para lutar.

Neste mundão enorme
Comparam o indígena a um bicho
E por esse e outros motivos
São tratados como lixo.

Temos que esquecer os preconceitos
E usar a mente e o coração
Perceber que apesar das diferenças
Esse povo é nosso irmão.

(aí eu tinha 14 anos e a professora queria uma pesquisa sobre os índios no Brasil, mas com algum diferencial...fiz uma poesia. hoje em dia, mudaria meu sobrenome no facebook por guarani-kaiowá, pq, né?)

Nenhum comentário: